Artigos

“Enquanto os abençoava, afastou-se deles e foi levado para o céu”. 01/06/2019

Enquanto os abençoava, afastou-se deles e foi levado para o céu. Eles o adoravam. Em seguida voltaram para Jerusalém com grande alegria” (Lc 24, 51-52).

Partindo desta passagem Bíblica celebramos com jubilo a Solenidade da Ascensão do Senhor, após quarenta dias da sua Ressurreição Jesus já tendo outras vezes aparecido aos seus discípulos e na presença deles se eleva aos céus, para junto de Deus.

Esta solenidade deve fazer ecoar no nosso espírito a certeza que o Senhor mesmo ascendendo aos céus, não nos abandona, mais sim que conosco caminha, porque ama todos àqueles que o Pai o confiou. E é movido por esta certeza, do seu amor por cada um de nós, que devemos viver a Ascensão do Senhor. A subida do Senhor ao céu, uma alegria que deve emanar no nosso ser e transparecer aos nossos irmãos.

O Senhor cumpri a missão dada por seu Pai, nos revelou o Amor de Deus e ao cumprir está missão Ele retomar de onde saiu; com a Ascensão do Senhor podemos recorda a nossa Profissão de Fé quando diz: “subiu aos céus, onde está sentado à direita de Deus Pai todo poderoso”, porque é de junto do Pai que Cristo nosso Senhor rege o mundo, é de junto do Pai que Cristo, envia por meio do Santo Espírito a força para animar cada cristão a ser uma semente de Deus no coração do próximo.

O seu retorno ao Pai, para nós é a esperança de que com Ele, cada cristão, cada batizado, acolheu o anúncio, as palavras, os ensinamentos que Cristo ensinou, porque hoje Ele está sentado à direita de Deus, mas nos ensinou a segui-Lo, nos mostrou que Ele é o caminho (Jo 14,6) que nos leva para junto de Deus, e longe deste caminho não encontraremos e não faremos a experiência com Deus,

Assim como orientou os seus discípulos a continuarem a missão de anunciar o Reino de Deus através do amor e da misericórdia, Cristo também nos confia está mesma missão. Ele se elevou, mas nos deixou a missão de pregar seu nome a todas as nações. Que tenhamos a alegria de sermos estes discípulos que no mundo propagam o Cristo Senhor.

Pe. Bruno Oliveira Rabelo
Vigário paroquial da Paróquia São José – Caio Prado